Festival Bruce Lee | 75 Anos

banner-festivalsite3

O maior mito mundial das artes marciais retorna em grande estilo aos cinemas!

Realizado pela Sato Company, o Festival Bruce Lee | 75 Anos exibe os clássicos de Bruce Lee em cópias remasterizadas e em alta resolução, num padrão de qualidade jamais visto em seus filmes. 

O Festival Bruce Lee | 75 Anos está de volta aos cinemas. Esta é mais uma chance que os admiradores do grande astro das artes marciais têm para assistir aos filmes de Bruce Lee em cópias remasterizadas e em alta resolução, num padrão de qualidade jamais exibido no Brasil.

Mito reverenciado e cultuado nas artes marciais, Bruce Lee foi ator, roteirista, diretor, coreógrafo e criador da revolucionária arte marcial Jeet Kune Do (leia mais aqui).

Se estivesse vivo, Bruce Lee teria 75 anos, completados em 27 de novembro de 2015. Para comemorar a data, a Sato Company criou o Festival Bruce Lee | 75 Anos, que continua em 2016. Dentre as várias homenagens e eventos que estão sendo realizados, o Festival Bruce Lee | 75 Anos exibe em cópias novas, remasterizadas e em suas versões originais (com áudio em cantonês), os filmes mais importantes de Bruce Lee, onde ele atua verdadeiramente como protagonista. São eles: O Dragão Chinês, A Fúria do Dragão, O Voo do Dragão e Jogo da Morte.

É a primeira vez no Brasil que os filmes deste ícone das artes marciais e do cinema, são exibidos sem cortes, em sua língua original e sua voz não foi dublada em inglês.

fichatecnica
dragaochinesnt

O DRAGÃO CHINÊS

Hong Kong, 1971
Título original: Tang Shan Da Xiong
Título internacional: The Big Boss
Duração: 100 minutos
Direção e Roteiro: Wei Lo
Com Bruce Lee, Maria Yi, James Tien.
Classificação indicativa 14 anos

Misteriosos desaparecimentos perturbam a família do jovem Cheng (Bruce Lee), que mudou-se junto com seus primos para trabalhar numa fábrica de gelo. Para resolver o caso, porém, o rapaz será obrigado a quebrar um juramento que fez à família: o de nunca mais se envolver em brigas.

afuriadodragaont2

A FÚRIA DO DRAGÃO

Hong Kong, 1972
Título original: Jing Wu Men
Título internacional: Fist of Fury
Duração: 102 minutos.
Direção e Roteiro: Wei Lo
Com Bruce Lee, Nora Miao, James Tien, Robert Baker.
Classificação indicativa 14 anos

Ao voltar para sua antiga escola em Xangai, Chen Zhen (Bruce Lee) recebe a notícia do assassinato de seu velho e querido mestre. Investigando o crime, ele descobre que uma escola rival, envolvida com contrabando de drogas, está por trás do assassinato. Para vingar seu professor, Chen será obrigado a se confrontar com os mais habilidosos e letais campeões de artes marciais.

ovoododragaont2

O VOO DO DRAGÃO

Hong Kong, 1972
Título original: Meng Long Guo Jiang
Título internacional: The Way of the Dragon
Duração: 100 minutos
Direção e Roteiro: Bruce Lee
Com Bruce Lee, Chuck Norris, Nora Miao, Robert Wall.
Classificação indicativa 14 anos

Quando Tang Lung (Bruce Lee) chega a Roma para trabalhar no restaurante de seus primos, ele logo percebe que uma organização criminosa está pressionando a família para que o local seja vendido. Tang decide então enfrentar os bandidos, que contratam o famoso lutador norte-americano de artes marciais Colt (Chuc Norris) para tentar derrotá-lo. A luta final, realizada no Coliseu, é um marco nos filmes do gênero.

jogodamortent2

JOGO DA MORTE

Hong Kong/ EUA, 1978
Título original: Game of Death
Direção: Robert Clouse e Bruce Lee (não creditado).
Roteiro: Robert Clouse (assinando como Jan Spears)
Duração: 85 minutos
Com Bruce Lee, Gig Young, Colleen Camp.
Classificação indicativa 14 anos

Alguém está tentando matar Billy Lo (Bruce Lee), um famoso astro de filmes de artes marciais. Para descobrir quem deseja assassiná-lo, Billy forja sua própria morte, e agora planeja sua vingança.

A alma e a filosofia de Bruce Lee reveladas em três documentários

A misteriosa morte de Bruce Lee, em 20 de julho de 1973, com apenas 32 anos, a apenas seis dias da estréia de Operação Dragão (Enter the Dragon) em Hong Kong, chocou o mundo e o transformou instantaneamente num mito. Ele havia realizado apenas quatro filmes e deixado um inacabado, com pouquíssimas cenas gravadas. Os quatro filmes foram realizados e lançados entre 1971 e 1973 e se transformaram num retumbante sucesso de bilheteria. Sua carreira deslanchava, finalmente. Mas não por muito tempo. Ele viraria lenda no auge da carreira e deixou órfãos milhões de fãs por todo o planeta.

Filmes com similares surgiram aos montes. O cinema de artes marciais Hong Kong finalmente alcançava fama mundial. Bruce Lee inspiraria também a criação de personagens de histórias em quadrinhos, como Shang Chi, o Mestre do Kung Fu, da Marvel Comics. Livros foram escritos, documentários realizados. Todos para contar um pouco da vida, da carreira e da filosofia do Pequeno Dragão.

Durante o Festival Bruce Lee | 75 Anos, em Manaus, Recife, João Pessoa e Natal, três dos mais importantes documentários sobre Bruce Lee serão exibidos nas salas de cinemas. São eles, Bruce Lee em Suas Próprias Palavras (Bruce Lee: In His Own Words), de 1998; Bruce Lee: A Jornada de um Guerreiro (Bruce Lee: A Warrior’s Journey), de 2000; Bruce Lee: Em Busca do Dragão (Bruce Lee: In Pursuit of the Dragon), de 2011. Em comum, esses documentários têm – além do fato de falarem sobre Bruce Lee – o mesmo diretor, John Little.

Escritor, cineasta e produtor de seus filmes, John Little é autor de diversos livros sobre o Pequeno Dragão, incluindo The Warrior Within : The Philosophies of Bruce Lee e organizador de Bruce Lee: Words of the Dragon: Interviews, 1958-1973, lançado neste ano nos Estados Unidos. Little é considerado um dos maiores especialistas do mundo em Bruce Lee e realizou três documentários comoventes.

Bruce Lee em Suas Próprias Palavras é um curta-metragem de apenas 20 minutos e o mais antigo dos três. Porém, ele traz uma reunião de antigas entrevistas que Bruce Lee deu à TV americana. São imagens raríssimas nas quais o mestre das artes marciais fala sobre suas crenças e filosofia, sua maneira de encarar as lutas e os oponentes, e como o Kung Fu e as outras artes marciais são importantes para sua formação.

Dois anos depois, foi lançado Bruce Lee: A Jornada de um Guerreiro (100 minutos), no qual John Little finalmente realiza um dos melhores documentários sobre a vida de Bruce Lee. Neste filme são enfatizados com muita propriedade, a filosofia, o pensamento e o modo de vida do Pequeno Dragão, além de mostrar como Bruce enfrentou o preconceito nos Estados Unidos.

Uma das maiores curiosidades desta produção é o de apresentar imagens raras do filme incompleto que o mestre das artes marciais filmava antes de se juntar ao elenco de Operação Dragão. São cenas de lutas e bastidores de Jogo da Morte (Game of Death), nunca antes vistas, com muitas repetições de sequências e treinamentos das coreografias que Lee havia imaginado.

O filme também traz entrevistas e depoimentos de amigos de Bruce Lee, como o jogador de basquete Kareem Abdul-Jabbar, que chegou a atuar no último filme do astro; o renomado Dan Inosanto, um dos maiores especialistas de Jeet Kune Do, a arte marcial criada por Bruce Lee; Taky Kimura, instrutor de artes marciais, padrinho de casamento e um de seus maiores amigos, além de Linda Lee Cadwell, mulher de Bruce Lee. Como se não bastasse, o documentário apresenta cenas raras e filmes caseiros de Bruce Lee na intimidade e em competições.

Finalmente, Bruce Lee: Em Busca do Dragão (90 minutos) é um emocionante filme que percorre os passos de Bruce Lee durante as filmagens de suas quatro produções. John Little visita as locações dos filmes de Lee, desde Macau, até Roma e Hong Kong, e mostra como ele as encontrou, fazendo uma comparação com a época das filmagens, mostrando as cenas originais. É curioso ver como está a mansão do vilão de O Dragão Chinês (The Big Boss); o local onde foi filmada a famosa cena “No Chinese or dogs allowed” em Macau, do filme A Fúria do Dragão (Fist of Fury); ou o aeroporto do início do filme O Voo do Dragão (The Way of the Dragon). E, através de entrevistas com o elenco e equipe técnica dos filmes do astro, Little também revela um olhar único sobre o estilo de filmar de Bruce Lee.

Depois de assistir a esses filmes sobre Bruce Lee, qualquer um pode se tornar um especialista na vida e obra do nosso Pequeno Dragão.